Asas dos Sonhos

Junção de letras na expressividade  de sentimentos. *Nadir  D'Onofrio*

Textos


Futuro

Na imaginação, traçamos como gostaríamos que fosse.

Seria bom, que pudesse haver um mundo de igualdades,
Guerras não houvessem, fome não existisse.
Doenças fossem lendas...
Que os seres humanos como tal se enxergassem.
No entanto a realidade do mundo é diferente,
É poder, ganância, deslumbramento, prepotência.
Grandes potências, enriquecendo cada vez mais
Fabricando, exportando armas,
Gás asfixiante, bombas bacteriológicas.
Explosões nucleares deixando sequelas irreversíveis.
Experiências nucleares,
Alterando a genética dos seres.
Poluições das represas, rios, mares.
Devastação das florestas
Animais sendo capturados
Para satisfazer o ego daqueles
Que se aprazem tê-los, em cativeiro.
Quiçá, o homem utilizasse o potencial que Deus lhe deu
Em beneficio, dos seus semelhantes...
Imaginar um futuro bom é fácil na poesia...
Só que a realidade é outra!
O que estamos fazendo com nosso planeta?
Por quanto tempo ainda teremos oxigênio?
O que restará dessa terra que outrora foi um paraíso?
Qual futuro será legado aos nossos descendentes?
Serão eles, uma raça de pessoas sadias
Vivendo o auge de uma civilização?

Nadir D'Onofrio
27/01/2005
Santos SP
 ::::::::::::::::::::::::

               
Comentário informativo, abaixo, é da página:
paginas.terra.com.br/ educacao/jlourenco/Ataqu...
 
ATAQUE ATÔMICO SOBRE HIROXIMA
AS BOMBAS
Tamanho: 3,2m de comprimento
Diâmetro: 74 cm
Peso: 4,3 toneladas
Força: 12.500 toneladas de TNT
Mecanismo: uma bala de 2,26kg de urânio 235 dispara
num alvo de 7,71kg de U-235. quando as duas peças se encontram,
ocorre uma reação em cadeia.

Nome: era denominado de Litle Boy
Uso: foi detonada às 8,15m do dia 06 de agosto de 1945,
a 576 metros acima do Hospital Cirúrgico de Shima
Vítimas: 186.940 mortos
 
Cerca de 92% dos edifícios e casas foram
destruídas num raio de 04 Km.

Criou uma luminosidade que cega e em queda
uma bola de fogo com uma temperatura de pelo
menos 360 mil graus Fahrenheit.
A bola de fogo se expande de 25,6 metros
para 256 de diâmetro num segundo, criando uma
enorme onda de explosivos, e em seguidas
ondas de abalos.

Ventos de 644 a 965 Km/h e poeira são sugados
para cima e criam nuvens em forma de cogumelo,
que espalha detritos radioativos.
Milhares de vítimas que estavam queimadas, mutiladas,
cegas pelo clarão da explosão, vagavam entre
os cadáveres calcinados e uma quantidade incalculável
de escombros, procurando desesperadamente socorro.
Nas primeiras semanas ficou impossível saber o
número exato de mortos, devido ao caos que
Hiroxima se encontrava.
O governo japonês custava acreditar que uma única
bomba teria produzido todo esse caos, e esse golpe
iria ser respondido pelo Japão com a rendição incondicional;
no entanto uma segunda bomba foi lançada sobre Nagasaki.






 
 
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 02/07/2016
Alterado em 19/09/2018
Copyright © 2016. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras