Asas dos Sonhos

Junção de letras na expressividade  de sentimentos. *Nadir  D'Onofrio*

Textos



 TELA MENTAL

 Lembro-me dos natais passados, na casa da minha avó, materna. A mesa do almoço era posta, sob o parreiral, costume que meus antepassados trouxeram da Itália, isto, quando o tempo favorecia.
As uvas nessa época do ano, já estão maduras,  aroma é indescritível! Minha avó, nesse dia madrugava, e já iniciava o preparo das iguarias, tudo feito em fogão a lenha, minha mãe, tias ajudavam, sob, sua orientação!
A arrumação da mesa, era tarefa, exclusiva, dela, não admitia ajuda de ninguém, trazia nos braços, toalha e guardanapos de linho, impecavelmente passados, detalhe, (tudo bordado com as iniciais do esposo, meu avô), há  muito, tempo, falecido!

Marcante em minhas lembranças, algumas tigelinhas de porcelana contendo alecrim, macerado, estrategicamente dispostas sobre a mesa, com a finalidade de aromatizar o local da refeição. Inspecionado todos os detalhes, serviam o almoço, céus, minha avó preparava as refeições, com um tempero, cujo sabor, nunca mais provei, igual! Ninguém se sentava à mesa, antes do término da oração natalina, sempre proferida pela matriarca! Vinho, só os adultos tomavam, para as crianças preparavam uma bebida, leve, com água, frutas picadas, açúcar, e um pouco de vinho.
Era grande o número de pessoas, nestas ocasiões, pouco a pouco, quase todos, já se foram. Da tela   mental que visualizo, só restam meus primos, e as lembranças de um tempo bom, onde o respeito pela data, alegria, fraternidade eram a tônica da festa. Presentes, só as crianças recebiam, coisas simples, mas que preenchiam nossos corações de euforia!
 Saudade!

 
Nadir D’Onofrio
01/12/2012-17:36
Serra Negra-SP


 
Nadir DOnofrio
Enviado por Nadir DOnofrio em 21/09/2018
Alterado em 21/09/2018
Copyright © 2018. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Comentários



Site do Escritor criado por Recanto das Letras